DESAFIOS PARA CUIDADOS MEDICAMENTOSOS ÀS CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS DE SAÚDE NO DOMICÍLIO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31512/vivencias.v17i33.480

Resumo

Resumo: Conhecer as estratégias utilizadas por familiares cuidadores no espaço domiciliar para oferta de cuidados medicamentosos às crianças com necessidades especiais de saúde. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, descritiva e exploratória, mediada pela entrevista semiestruturada realizada no espaço domiciliar com 15 familiares e cuidadoras de crianças. Utilizou-se amostragem por saturação, as enunciações foram duplamente transcritas, alocadas na nuvem de palavras e submetidas à análise de conteúdo. O cuidado medicamentoso exercido a essas crianças é realizado exclusivamente por mulheres da família, que assumem esses cuidados em virtude da necessidade das crianças, por não terem com quem compartilhar essas atividades, que são aperfeiçoadas com o tempo. O cuidado medicamentoso é um desafio, mas as familiares cuidadoras utilizam estratégias para facilitar a adesão de medicamentos pelas crianças. O cuidado de crianças com necessidades especiais é um desafio, as mulheres da família que assumem o cuidado medicamentoso elaboram estratégias para facilitar a oferta de medicamentos, como brincadeiras, a inclusão de alimentos durante a oferta do medicamento e o lúdico. O cuidado domiciliar de uma criança com necessidades especiais é solitário, poucas vezes compartilhado e desafiador.

 

Palavras-chave: Crianças com deficiência; Família; Medicamentos de Uso Contínuo; Enfermagem.

Biografia do Autor

Andressa da Silveira, Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Palmeira das Missões, RS, Brasil

Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Maria, Universidade Federal de Santa Maria – Campus Palmeira das Missões, Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: andressadasilveira@gmail.com ORCID: http://orcid.org/0000-0002-4182-4714

Giovana Hungaratti, Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Palmeira das Missões, RS, Brasil

Enfermeira, Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: giovana_hungaratti@hotmail.com ORCID: http://orcid.org/0000-0003-4853-8339

 

Juliana Portela de Oliveira, Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Palmeira das Missões, RS, Brasil

Enfermeira, Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail:   julianadeoliveirap06@gmail.com ORCID: http://orcid.org/0000-0003-1131-8631

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BELLATO, R. et al. Experiência familiar de cuidado na situação crônica. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v.50, n.spe, p.81-8, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reeusp/v50nspe/pt_0080-6234-reeusp-50-esp-0081.pdf. Acesso em: 23 de dezembro de 2020.

BELMIRO, S.S.D.R. et al. Atuação da equipe de enfermagem na assistência à criança com deficiência na atenção primária à saúde. Revista de Enfermagem UFPE On Line, Recife, v.11, s.4, p.1679-86, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/viewFile/15265/18065. Acesso em: 23 de dezembro de 2020.

BURIOLA, Aline Aparecida; VICENTE, Jéssica Batistela; ZURITA, Robsmeire Calvo Melo; MARCON, Sonia Silva. Sobrecarga dos cuidadores de crianças ou adolescentes que sofrem transtorno mental no município de Maringá - Paraná. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, v.20, n.2, p.344-51, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ean/v20n2/1414-8145-ean-20-02-0344.pdf. Acesso em: 23 de dezembro de 2020.

CABRAL, Ivone Evangelista; MORAES, Juliana Rezende Montenegro Medeiros de. Family caregivers articulating the social network of a child with special health care needs. Rev Bras Enferm, Brasília, v.68, n.6, p.769-76, 2015. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reben/v68n6/en_0034-7167-reben-68-06-1078.pdf. Acesso em: 23 de dezembro de 2020.

DIAS, Beatriz Caroline et al. Challenges of family caregivers of children with special needs of multiple, complex and continuing care at home. Escola Anna Nery, Rio de Janeiro, v.23, n.1, e20180127, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ean/v23n1/1414-8145-ean-23-01-e20180127.pdf. Acesso em: 23 de dezembro de 2020.

ESTEVES, Joyce de Souza et al. Families’ concerns about the care of children with technology-dependent special health care needs. Invest Educ Enferm., Medellín, v.33, n.3, p.547-55, 2015. Disponível em: http://www.scielo.org.co/pdf/iee/v33n3/v33n3a19.pdf. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

FONTANELLA, Bruno José Barcelos; RICAS, Janete; TURATO, Egberto Ribeiro. Amostragem por saturação em pesquisas qualitativas em saúde: contribuições teóricas. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.24, n.1, p.17-27, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csp/v24n1/02.pdf. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

GÓES, Fernanda Garcia Bezerra; CABRAL, Ivone Evangelista. Discursos sobre cuidados na alta de crianças com necessidades especiais de saúde. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v.70, n.1, p.163-71, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reben/v70n1/0034-7167-reben-70-01-0163.pdf. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

KAMI, Maria Terumi Maruyama; LAROCCA, Liliana Muller; CHAVES, Maria Marta Nolasco; LOWEN, Ingrid Margareth Voth; SOUZA, Viviam Mara Pereira de; GOTO, Dora Yoko Nazaki. Working in the street clinic: use of IRAMUTEQ software on the support of qualitative research. Esc Anna Nery Rev Enferm., Rio de Janeiro, v.20, n.3, e20160069, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ean/v20n3/en_1414-8145-ean-20-03-20160069.pdf Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

LIMA, Elisangela da Costa et al. Suspected adverse drug reactions reported for Brazilian children: cross-sectional study. Jornal de pediatria, Porto Alegre, v.95, n.6, p.682-88, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/jped/v95n6/0021-7557-jped-95-06-0682.pdf. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

MACHADO, Amanda Narciso et al. Doença crônica infantojuvenil: vínculo profissional-família para a promoção do apoio social. Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, v.39, n.e2017-0290, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rgenf/v39/1983-1447-rgenf-39-e2017-0290.pdf. Acesso em: 23 de janeiro de 2021.

MANIERO, Hellen Karoline et al. Uso de medicamentos em crianças de zero a cinco anos de idade residentes no município de Tubarão, Santa Catarina. Revista paulista de pediatria, São Paulo, v.36, n.4, p.437-44, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rpp/v36n4/0103-0582-rpp-2018-36-4-00008.pdf. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

MONNERAT, Cecília Paula et al. Estratégia de educação em saúde com familiares de crianças em uso contínuo de medicamentos. Revista de enfermagem UFPE on line, Recife, v.10, n.11, p.3814-22, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/viewFile/11461/13293. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

PRECCE, Meirilane Lima; MORAES, Juliana Rezende Montenegro Medeiros de. Processo educativo com familiares de crianças com necessidades especiais de saúde na transição hospital-casa. Texto & contexto-enfermagem, Florianópolis, v.29, e.20190075, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/tce/v29/pt_1980-265X-tce-29-e20190075.pdf. Acesso em: 20 de janeiro de 2021.

RAMOS, Raquel Maria et al. Cuidado paterno à criança e ao adolescente com doença crônica: percepção materna. Rev Gaúcha Enferm., Porto Alegre, v.38, n.3, e0006, 2017. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/78041. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

RAMOS, Daniele Zuba; LIMA, Cássio de Almeida; LEAL, André Luiz Ramos; et al. A participação da família no cuidado às crianças internadas em unidade de terapia intensiva. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v.29, n.2, p.189-196, 2016. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/408/40848190006.pdf. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.

REIS, Kamilla Milione Nogueira. et al. A vivência da família no cuidado domiciliar à criança com necessidades especiais. Ciencia y enfermería, Concepción, v.23, n.1, p.45-55, 2017. Disponível em: https://scielo.conicyt.cl/pdf/cienf/v23n1/0717-9553-cienf-23-01-00045.pdf. Acesso em: 20 de janeiro de 2021.

ROCHA, Danielle Souza da Paixão; SOUZA, Priscilla Bellard Mendes de. Levantamento Sistemático dos Focos de Estresse Parental em Cuidadores de Crianças com Síndrome de Down. Revista Brasileira de Educação Especial, Bauru, v.24, n.3, p.455-64, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbee/v24n3/1413-6538-rbee-24-03-0455.pdf. Acesso em: 20 de janeiro de 2021.

ROOKE, Mayse Itagiba. et al. Funcionamento familiar e rede social de apoio: famílias com crianças com síndrome de down. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, Belo Horizonte, v.12, n.1, p.142-58, 2019. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/gerais/v12n1/11.pdf. Acesso em:

de janeiro de 2021.

Publicado

2021-06-21

Como Citar

da Silveira, A., Hungaratti, G. ., & Portela de Oliveira, J. (2021). DESAFIOS PARA CUIDADOS MEDICAMENTOSOS ÀS CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS DE SAÚDE NO DOMICÍLIO. Vivências, 17(33), 23-35. https://doi.org/10.31512/vivencias.v17i33.480

Edição

Seção

ARTIGOS DE FLUXO CONTÍNUO