ENSINO DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE OS MÉTODOS DE ENSINO UTILIZADOS NOS ÚLTIMOS 15 ANOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31512/vivencias.v17i33.466

Resumo

O artigo apresenta um levantamento dos métodos aplicados no ensino de Ciências e Biologia na Educação de Jovens e Adultos (EJA) nos últimos 15 anos. Para tanto, foi realizada uma revisão sistemática de literatura por meio de uma pesquisa avançada nas bases:  Google Acadêmico, Web of Science, Scopus e Scielo. Nessas bases foram adicionados os seguintes descritores: 1) “ensino de ciências” e “educação de jovens e adultos”; e 2) “ensino de biologia” e “educação de jovens e adultos”. Após o levantamento dos artigos, foram tabulados os objetivos, a metodologia e os principais resultados de cada um. Os resultados da revisão sistemática revelam que a aplicação e avaliação de métodos de ensino na EJA, tem recebido pouca atenção por parte dos cientistas nos últimos 15 anos. Prova disso é a baixa produtividade anual, com uma média de menos de 2 artigos por ano, além da ausência de autores ou periódicos que publiquem com frequência artigos sobre o assunto. Com relação aos métodos de ensino, foram encontrados trabalhos mencionando as seguintes propostas: 1) Sequências Didáticas, 2) Tecnologias da Informação e Comunicação, 3) Jogos, 4) Diálogo e Argumentação, 5) Experimentação, 6) Leitura e produção de textos, 7) Metodologias ativas e 8) Conceitos Unificadores.

Biografia do Autor

Cleuber Ferreira de Souza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília, Brasília, DF, Brasil

Graduado em Pedagogia, atualmente cursa Ciências Biológicas, modalidade Licenciatura, no Instituto Federal de Brasília, Campus Planaltina.

Mayara Lustosa de Oliveira Barbosa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília, Brasília, DF, Brasil

Doutora em Biologia Celular e Estrutural pela Unicamp, Mestra na mesma área e instituição. Graduada em Ciências Biológicas, pela Universidade Federal de Goiás, onde foi estagiária do NETESB (Núcleo de Estudos em Tecnologia para Socialização do conhecimento em Biologia) em associação com a empresa Brasil Online - Tecnologia Educacional. Atualmente é Professora EBTT no Instituto Federal de Brasília, e Professora do quadro permanente do Programa de Mestrado Profissional em Ensino para Educação Básica do Instituto Federal Goiano - Campus Urutaí.

Referências

ALVARENGA, Mariana Monteiro Soares Crespo de; CARMO, Gerson Tavares do; BRANCO, Amanda Leal Castelo. A utilização do método estudo de caso sobre o ensino de ciências naturais para os discentes do ensino fundamental da educação de jovens e adultos. Experiências em Ensino de Ciências, [S.l.], v. 13, n. 2, p. 126-143, ago. 2018. Disponível em: https://tinyurl.com/33c9b97d. Acesso em: 01 fev. 2021.

AMORIM, Antônio.; DUQUES, Maria Luiza Ferreira. Formação de educadores de EJA: caminhos inovadores da prática docente. Educação, Porto Alegre, v. 40, n. 2. p. 228-239, mai/ago, 2017. Disponível em: https://tinyurl.com/776zytsk. Acesso em: 13 de out. 2020.

ARAÚJO, Simone Paixão; CARNEIRO, Maria Helena da Silva. Educação de jovens e adultos no ensino médio, uma revisão bibliográfica sobre o ensino de Ciências. Ciências & Cognição. [S.l.], v. 19, n. 1, p. 96-104, mar. 2014.

ARAÚJO, Simone Paixão; CARNEIRO, Maria Helena da Silva. Ensino Recíproco e a leitura de imagens no Ensino de Biologia na Educação de Jovens e Adultos. Anais do XII ENPEC. Natal, p. 8, jul. 2019. Disponível em: https://tinyurl.com/x93pm9ss. acesso em: 06 mai. 2020.

ARAÚJO-JÚNIOR, Antônio; AVANZI, Maria Rita; GASTAL, Maria Luíza. Uma experiência de encontro entre narrativas autobiográficas e narrativas científicas no ensino de biologia para jovens e adultos. Revista Ensaio - Pesquisa em educação em ciências, Belo Horizonte, v. 19, p. 2705, mai. 2017. Disponível em: https://tinyurl.com/9et89z2x. Acesso em: 15 jan. 2021.

AUGUSTINHO, Elizabeth; VIANA, Sandra da Silva; RÔÇAS, Giselle. Mapeando concepções e práticas pedagógicas no ensino de ciência: educação de jovens e adultos em escolas da baixada fluminense. Anais do VII ENPEC, Florianópolis, 1-4p, 2009. Disponível em: tinyurl.com/uqdpg7q6. Acesso em: 04 fev. 2021.

BARBOSA, Jeferson da Silva; CHAGAS, Patrícia Carla de Macedo. Concepções dos alunos da Educação de Jovens e Adultos sobre a disciplina de Biologia. Anais do VIII ENPEC, Campinas, p. 1-13, dez. 2011. Disponível em: https://tinyurl.com/tf2rhfnp. Acesso em: 12 abr. 2020.

BARROS, José Deomar de Souza; LOURENÇO, Franklin Herik Soares de Matos. Educação de jovens e adultos: A utilização didática de documentários no ensino de Biologia no sistema prisional de Cajazeiras – PB. Anais do II CONEDU, Campina Grande, p. 1-11, out. 2015. Disponível em: https://tinyurl.com/666ku98z. Acesso em: 01 jan. 2021.

BATISTA, et al., 2019. O ensino de ciências na educação de jovens e adultos (EJA): Investigação em uma escola pública de Marituba, PA, Brasil. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 16, n. 29, p. 2218-2225, jul. 2019. Disponível em: https://tinyurl.com/rsxejj9n. Acesso em: 13 jun. 2020.

BEZERRA, Danielle Barbosa; SANTOS, Adriana Cavalcante dos. Ensino de Ciências na educação de jovens e adultos: (Res)Significando saberes na produção de fanzines. Revista de Educação, Ciências e Matemática – RECM. [S.l.], v. 6, n. 1, p. 53-73, jan/abr. 2016. Disponível em: https://tinyurl.com/j3phy9as. Acesso em: 11 out. 2020.

BEZERRA, Danielle Barbosa; SANTOS, Adriana Cavalcante dos. Impactos ambientais no ensino de ciências: (Re) leitura e saberes na EJA. Rev. de Educ. do Vale do São Francisco, Petrolina, v. 7, n. 14, p. 53-73, dez. 2017. Disponível em: https://tinyurl.com/tnfc4fpx. Acesso em: 17 out. 2020.

BORDIGNON, Jacqueline Gonçalves Cordeiro; CAMARGO, Gisele Brandelero. Ludicidade e Educação: uma parceria que contribui para aprendizagem. Cadernos PDE, Curitiba, v. 1, p. 1–15, 2013. Disponível em: https://tinyurl.com/hhvfcccb. Acesso em: 28 jan. 2021.

BURNHAM, Judy F. Scopus database: a review. Biomedical digital libraries, [S.l.], v. 3, n. 1, p. 1-8, mar. 2006. Disponível em: https://tinyurl.com/vbby9c8r. Acesso em: 05 jun. 2020.

BRASIL. Diretrizes Curriculares para a Educação de Jovens e Adultos. Ministério da Educação, Brasília, p. 5-8, 2000. Disponível em: https://tinyurl.com/vhsyyk4t. Acesso em: 14 jun. 2020.

BRASIL. Educação para jovens e adultos: Ensino Fundamental, Proposta curricular, 1º segmento. Ministério da Educação, Brasília, 3 ed., p 13, 2001. Disponível em: https://tinyurl.com/3xfwdjru. Acesso em: 18 de set. 2020.

BRASIL. Princípios, Diretrizes, Estratégias e Ações de Apoio ao Programa Brasil Alfabetizado. Ministério da Educação. Brasília, p. 6-7, 2011. Disponível em: https://tinyurl.com/2pzw6chv. Acesso em: 20 de set. 2020.

CANCELLARA, Carlos Henrique Palladino; CAMPOS, Luciana Maria Lunardi. Ensino de Ciências e Biologia na educação de jovens e adultos (EJA): Pespectiva discente. Anais do X ENPEC, Águas de Lindóia, p. 1-8, nov. 2015. Disponível em: https://tinyurl.com/wu443k. Acesso em: 12 nov. 2020.

CAVAGLIER, Maria Cristina dos Santos; MESSEDER, Jorge Cardoso. Plantas Medicinais no Ensino de Química e Biologia: Propostas Interdisciplinares na Educação de Jovens e Adultos. Revista brasileira de pesquisa em educação em ciências, [S.l.], v. 14, n. 1, p. 55–71, mar. 2014.

CHAVARRO, Diego; RÀFOLS, Ismael; TANG, Puay. Até que ponto a inclusão no Web of Science é um indicador da 'qualidade' do periódico? Avaliação de pesquisa, [S.l], v. 27, Ed. 2. p. 106-118. Abr. 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1093/reseval/rvy001. Acesso em 26 de set. de 2020.

CORREIA et al.; 2016. Reflexões sobre a observação, durante o estágio supervisionado em Biologia acerca das metodologias utilizadas pelo professor, vistas a luz de teorias que tratam da relevância das metodologias ativas para a aprendizagem em Biologia na educação de jovens e adultos. Revista Saber Científico, Porto Velho, v., n., p. 1-13, 2016. Disponível em: tinyurl.com/l2rzwcs4. Acesso em: 12 ago. 2020.

DUARTE et al.; Ensino de Ciências na EJA: Relato de uma Experiência Didática UNOPAR Cient., Ciênc. Human. Educ., Londrina, v. 15, n. esp, p. 375-380, dez. 2014.Disponível em: https://revista.pgsskroton.com/index.php/ensino/article/view/446. Acesso em: 20 nov. 2020.

FIGUEIRA, Sandro Tiago da Silva; FONTOURA, Helena Amaral da. O ensino de ciências na Educação de Jovens e Adultos: reflexões sobre uma proposta pedagógica. Revista Acta Scientiae, Canoas, v.18, n.3, p. 840-852, set/dez. 2016. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/270258819.pdf. Acesso em: 30 jan. 2021.

CORDEIRO, Jaime. Didática. São Paulo, 2° Edição, 3° reimpressão. Ed. Contexto. 2015.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (org.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre. Rio Grande do Sul: Editora da Ufrgs, p. 35, 2009. Disponível em: http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf. Acesso em: 12 abr. 2020.

ILHA, Phillip Vilanova et al. Intervenções no ambiente escolar utilizando a promoção da saúde como ferramenta para a melhoria do ensino. Revista Ensaio, Belo Horizonte, v.16, n.3, p.35-53, 2014. Disponível em: tinyurl.com/btjsecm9. Acesso em: 12 abr. 2020.

IRELAND, Timothy D. Educação de Jovens e Adultos como política pública no Brasil (2004 – 2010): os desafios da desigualdade e da diversidade. Revista Rizoma Freiriano, [S.l.], v. 13, p. 1-16, 2012. Disponível em: http://www.rizoma-freireano.org/educacao-de-jovens. Acesso em: 25 set. 2020.

JOSE, Wagner Duarte et al. ENEM, temas estruturadores e conceitos unificadores no ensino de física. Ens. Pesqui. Educ. Ciênc, Belo Horizonte, v. 16, n. 3, p. 171-188, dez. 2014. Disponível em: https://tinyurl.com/ydcxwepe. Acesso em: 04 fev. 2021.

KRELLING, Ligia Marcelino; FLORCZAK, Marco Antonio; SUTIL, Noemi. A educação de jovens e adultos e o ensino de Ciências Naturais: Contribuições da utilização dos conceitos unificadores. Revista Ciências & Ideias, [S.l.], v. 7, n. 3, p. 101-113, set/dez. 2016.

KUTTER, Ana Paula Zandonai; EICHLER, Marcelo Leandro. A Educação em Biologia na Educação de Jovens e Adultos (EJA): Etnografia de uma experiência biocêntrica na escola. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [S.l.], v. 11, n. 2, p. 87-115, mai/ago. 2011.

LEITE; Adriana Cristina Souza; SILVA, Pollyana Alves Borges; VAZ, Ana Cristina Ribeiro. A importância das aulas práticas para alunos jovens e adultos: uma abordagem investigativa sobre a percepção dos alunos do PROEF II. Revista Ensaio, Belo Horizonte, v.07, n.03, p. 166-181, set/dez. 2005. Disponível em: https://tinyurl.com/7hfe9p2f. Acesso em 06 jan. 2021.

LIMBERGER, Karen Martins; LIMA, Valderez Marina do Rosário; SILVA, Renata Medina. Práticas pedagógicas na Educação de Jovens e Adultos: Concepções e práticas de professores no ensino de Ciências. Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Anápolis, v. 3, n. 3, p.48-61, dez. 2014. Disponível em: https://tinyurl.com/zw9ed2pz. Acesso em: 08 jan. 2021.

LOPES, Munich Ribeiro de Oliveira; FERREIRA, Thiago Lopes. A educação de jovens e adultos e o ensino de ciências: uma revisão da literatura. Revista Científica Interdisciplinar, [S.l.], v. 3, n. 2, p. 67; 78, jul/set. 2015. Disponível em: https://tinyurl.com/26b6knvz. Acesso em: 07 jan. 2021.

LÓPEZ-CÓZAR, Emilio Delgado; ROBINSON-GARCÍA, Nicolás; TORRES-SALINAS, Daniel. The Google scholar experiment: how to index false papers and manipulate bibliometric indicators. Journal of the Association for Information Science and Technology, [S.l.], v. 65, n. 3, p. 446-454, nov. 2013. Disponível em: https://tinyurl.com/9dvsb332. Acesso em: 06 jan. 2021.

LOURENÇO, Franklin Herik Soares de Matos; BARROS, José Deomar de Souza. Biologia no cinema: A utilização didática de filmes no ensino de Biologia na educação de jovens e adultos do sistema prisional de Cajazeiras – PB. Anais do II CONEDU, Campina Grande, p. 1-12, out. 2015. Disponível em: https://tinyurl.com/4b4en9cc. Acesso em: 01 jan. 2021.

MACIEL, Moniky Mendes; GONÇALVES, Pricila Bento; BARROS, José Deomar de Souza. A utilização de documentários didáticos no ensino de Biologia na EJA da cidade de São José de Pinhais – PB. Revista de Pesquisa Interdisciplinar, Cajazeiras, v. 1, ed. Especial, 99-105, set/dez. 2016. Disponível em: https://tinyurl.com/p3rjewux. Acesso em: 02 de fev. 2021.

MERAZZI, Denise Westphal; OAIGEN, Edson Roberto. Atividades práticas em ciências no cotidiano: valorizando os conhecimentos prévios na educação de jovens e adultos. Experiências em Ensino de Ciências, [S.l.], v. 3, n.1, p. 65-74, ago. 2008. Disponível em: https://if.ufmt.br/eenci/artigos/Artigo_ID55/v3_n1_a2008.pdf. Acesso em: 02 fev. 2021.

MONGEON, Philippe; PAUL-HUS, Adele. The journal coverage of Web of Science and Scopus: a comparative analysis. Scientometrics. [S.l.], v. 106, p. 213–228, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s11192-015-1765-5. Acesso em: 12 abr. 2020.

MONTEIRO, Paulo Henrique Nico; BIZZO, Nélio. A saúde na escola: análise dos documentos de referência nos quarenta anos de obrigatoriedade dos programas de saúde, 1971-2011. Revista História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v.22, n.2, p.411-427, abr. 2015.

MOREIRA, Adelson Fernandes; FERREIRA, Leonardo Gonçalves. Abordagem temática e contextos de vida em uma prática educativa em Ciências e Biologia na EJA. Ciência & Educação, Bauru, v. 17, n. 3, p. 603, mai. 2011. Disponível em: https://tinyurl.com/rnfdjfdp. Acesso em: 16 mai. 2020.

MORIN, Vanessa Lago; LÜDKE, Everton. Ensino de histologia e anatomia do aparelho reprodutor feminino através de metodologias ativas com alunas do ensino médio: um relato de experiência. Vivências, Erechim, v. 16, n. 30, p. 15–29, jan. 2020. Disponível em: http://revistas.uri.br/index.php/vivencias/article/view/52. Acesso em: 16 mai. 2020.

MUGNAINI, Rogério; STREHL, Letícia. Recuperação e impacto da produção científica na era google: uma análise comparativa entre o Google Acadêmico e a Web of Science. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, n. Esp, 1° semestre, p. 92-105, 2008. Disponível em: https://tinyurl.com/keh5wxka. Acesso em: 16 mai. 2020.

OLIVEIRA, Lucia Maria Pereira Pereira de; ANDRADE, Viviane Abreu de. Uma Contribuição do Ensino de Ciências para a discussão e a prevenção do HPV no contexto do Programa de Educação de Jovens e Adultos. Revista Praxis, [S.l.], v. 8, n. 15, p. 119-134, jun. 2016. Disponível em: https://tinyurl.com/27e9d5jz. Acesso em: 16 mai 2020.

OLIVEIRA, Lidiane Loiola; ZANCUL, Mariana Senzi. Textos de divulgação científica nas aulas de Biologia na EJA para abordar a temática alimentação. Revista Práxis, [S.l.], v. 6, n. 11, p. 1-11, jun. 2014. Disponível em: https://tinyurl.com/2u9mba6t. Acesso em: 7 jan. 2021.

PARANHOS, Rones de Deus; CARNEIRO, Maria Helena da Silva. Ensino de biologia na educação de jovens eadultos: distribuição da produção científica e aspectos que caracterizam o interesse intelectual de um coletivo de pesquisadores. Rev. Contexto & Educação, [S.l.], v. 34, n. 108, p. 269-286, jun., 2019. Disponível em: https://tinyurl.com/myhbn5hx. Acesso em: 24 jan. 2021.

PEREIRA, Maurício Gomes. Artigos científicos: como redigir, publicar e avaliar. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, p. 28-29, 2011.

PEREIRA, Josiele Alves; RIBEIRO, Juliana Zanetti. O lúdico como recurso didático no ensino de Ciências biológicas para alunos da educação de jovens e adultos. Revista Eletrônica de Educação da Faculdade Araguaia, Goiânia, v. 7, n. 7, p. 381-386, 2015. Disponível em: https://www.fara.edu.br/sipe/index.php/renefara/article/view/347/314. Acesso em: 13 jun. 2020.

PIRES, Valdirene Bernadino; PRADO, Gustavo Machado. Currículo e intervenções didáticas no ensino de Ciências na Educação de Jovens e Adultos. Revista Keys-words: EYA, didactic interventions, São Mateus, p. 3-14, 2014. Disponível em? https://tinyurl.com/95z26k97. Acesso em: 02 jan. 2021.

PORTO, M; TEIXEIRA, P. Ensino de Biologia na Educação de Jovens e Adultos (EJA): Umestudo de revisão bibliográfica. Revista da SBEnBio, [S.l.], n.7, p.5437-5448, out. 2014. Disponível em: https://tinyurl.com/2dpbjr6r. Acesso em: 12 ago. 2020.

QUINTELA, Pedro; BORGES, Marta. Livros, fanzines e outras publicações independentes: umpercurso pela “cena” do Porto. Cidades, Comunidades e Territórios, Lisboa, n. 31, p. 11-31, dez. 2015. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/cct/article/view/10013. Acesso em: 28 jan. 2021.

RAFOLS et al., (2016). ‘On the Dominance of Quantitative Evaluation in “Peripheral” Countries: Auditing Research with Technologies of Distance’. Social Science Research Network, [S.l.], p. 1-22, mai. 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.2818335. Acesso em: 09 mai. 2020.

ROSA, Antonio Nazare Soares. Metodologias para o ensino-aprendizagem em Ciências Naturais na educação de jovens e adultos: tecendo diálogos. Revista Educar Mais, Belém, v. 3, n. 1, p. 120-133, 2019. Disponível em: https://tinyurl.com/t56b8eu4. Acesso em 04 de jan. de 2021.

SANCEVERINO, Adriana Regina. Mediação pedagógica na educação de jovens e adultos: exigência existencial e política do diálogo como fundamento da prática. Rev. Bras. de Educação, [S.l.], v. 21, n. 65, p. 455-475, jun. 2016. Disponível em: https://tinyurl.com/e28rheh. Acesso em: 5 jan. 2021.

SANTOS, Mariana Nascimento; SOUZA, Marcos Lopes de. O Ensino de Ciências em turmas de educação de jovens e adultos. Anais do VIII ENPEC, Campinas, p. 1-10, dez. 2011. Disponível em: http://abrapecnet.org.br/atas_enpec/viiienpec/resumos/R1514-1.pdf. Acesso em 03 mar. 2020.

SANTOS, Sayonara Martins dos; GUIMARÃES, Simone Sendin Moreira. A escuta na formação inicial de professores de ciências – um olhar para Educação de Jovens e Adultos (EJA). Revista Inter-Ação, Goiânia, v. 42, n. 1, p. 38-50, jan/abr. 2017. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/44058/23205. Acesso em: 12 de fev. 2020.

SILVA, Ana Carolina Melo. Políticas Educacionais para Educação de Jovens e Adultos no Brasil: Marcos Legais e Solicitações da Realidade. Ensaios Pedagógicos, Sorocaba, v.1, n. 2, mai./ago. 2017, p.34-39. Disponível em: https://tinyurl.com/ymh7ek6a. Acesso em: 18 jan. 2021.

SILVA, Rachel Bonfim da; MARINS, Júlio Cesar Albino; BOTTENTUIT-JUNIOR, João Batista. Os fanzines virtuais facilitando o processo-ensinoaprendizagem na disciplina de ciências naturais. Revista Projeção e Docência, [S.l.], v. 9, n. 2, jun. 2018. p. 63. Disponível em: https://tinyurl.com/45nrbkjd. Acesso em: 28 jan. 2021.

SILVA, Ana Paula Souto; SILVA, Diego Oliveira da; MUNFORD, Danusa. Argumentação no ensino de conceitos da Biologia: Práticas de um professor de Ciências em salas de aula da educação de jovens e adultos. Anais do VII ENPEC, Florianópolis, p. 1-12, nov. 2009. Disponível em: https://tinyurl.com/mrh55aa8. Acesso em: 23 jan. 2021.

SILVEIRA, Cléa Furtado da; SILVEIRA, Viliam Cardoso da; SILVEIRA, Denise Nascimento. Ensino de ciências com alunos surdos da educação de jovens e adultos: a previsão do tempo, utilizando vídeo como ferramenta metodológica. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 5, n 6, p. 6495-6501, jun. 2019. Disponível em: https://tinyurl.com/25pud4mf. Acesso em: 15 jan. 2021.

SOARES, Leôncio. Formação de educadores de jovens e adultos. Autêntica: Belo Horizonte, SECAD / UNESCO, 2006. Disponível em: https://tinyurl.com/s2zbdjfa. Acesso em: 20 abr. 2020.

SOUZA, Samir Cristino de; DOURADO, Luis. aprendizagem baseada em problemas (abp): um método de aprendizagem inovador para o ensino educativo. Revista Holos, [S.l.], v. 5, p. 182-200, out. 2015. Disponível em: https://tinyurl.com/2prz32td. Acesso em: 04 fev. 2021.

TAKAHASHI, Hestelamaris; CAMAS, Nuria PonsVilardell. O uso do celular como recurso didático para dinamizar o ensino de Ciências na educação de jovens e adultos. Cadernos PDE, [S.l.], v. 1, p. 1-12, 2016. Disponível em: https://tinyurl.com/c799ep47. Acesso em: 22 jan. 2021.

TESTA, James. The Thomson Reuters Journal Selection Process. Transnational Corporations Review, [S.l.], v. 1, n. 4, p 59-66, dez. 2015.

TORRES, Patrícia Lupion. Laboratório on-line de aprendizagem: uma experiência de aprendizagem colaborativa por meio do ambiente virtual de aprendizagem. Cad. CEDES, Campinas, v. 27, n. 73, p. 335-352, dez. 2007. Disponível em: https://tinyurl.com/daafa9vf. Acesso em: 04 fev. 2021.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Técnicas de ensino: Por que não? Campinas – SP: Papirus. 18° Edição, p. 105, 2019.

VILANOVA, Rita; MARTINS, Isabel. Educação em Ciências e educação de jovens e adultos: Pela necessidade do diálogo entre campos e práticas. Ciência & Educação, Bauru, v. 14, n. 2, p. 331-346, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ciedu/v14n2/a11v14n2.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

Publicado

2021-06-21

Como Citar

Ferreira de Souza, C., & Lustosa de Oliveira Barbosa, M. (2021). ENSINO DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE OS MÉTODOS DE ENSINO UTILIZADOS NOS ÚLTIMOS 15 ANOS . Vivências, 17(33), 169-194. https://doi.org/10.31512/vivencias.v17i33.466

Edição

Seção

ARTIGOS DE FLUXO CONTÍNUO